Chilenas criam carregador de telefone que se conecta em plantas
08/05/2015
Pensamentoverde

DivulgaçãoA novidade funciona através de um circuito biológico batizado de E-Kaia.

Três engenheiras chilenas tiveram uma ideia diferente para substituir o atual padrão de baterias utilizadas em tablets, celulares e outros dispositivos: um circuito biológico batizado de “E-Kaia” que permite que gadgets, luzes do tipo LED e até mesmo uma lâmpada tradicional de casa tenham suas cargas restabelecidas através da “energia da terra”. As responsáveis Evelyn Aravena (25), Carolina Guerrero (23) e Camila Rupcich (25) afirmam que é possível carregar dispositivos que apresentam baixa potência.

Divulgação.O dispositivo ainda está em fase de testes.

“É uma usina que está em um vaso comum de uma planta com terra normal, mas dentro há um circuito com algumas saídas para a superfície. O diferencial está na qualidade do circuito aplicado”, disse Evelyn.  Os detalhes da tecnologia que retira “energia da terra”, no entanto, ainda não foram divulgados pelas engenheiras. Objetivo é conquistar a patente total da inovação antes de qualquer publicação aberta ao público.

O circuito tem a capacidade de gerar cinco volts e até 600 miliampères sem qualquer dano à natureza, como no caso de uma planta em um vaso com terra. As engenheiras também afirmaram que plantas como figueiras e tulipas apresentaram resultados positivos durante a pesquisa. No vídeo a seguir você pode conferir mais detalhes da descoberta.