Mãe cria app que bloqueia celular dos filhos que não atendem ligações
20/08/2014
tribunahoje.com

Quando eu era adolescente, nem celular tinha para falar com os meus pais quando eu saía de casa. Mas hoje, não muitos anos depois, parece ser cada vez mais comum que os filhos tenham um aparelho e se recusem a atendê-los quando são seus pais ligando.

Isso ocorreu tantas vezes com a americana Sharon Standifird, mãe de dois adolescentes, que ela resolveu criar um aplicativo que os obrigasse a ligar de volta. Chamado Ignore No More, ele bloqueia todas as funções do celular até que a chamada seja retornada. Ou seja, seus filhos têm o “castigo” de não poder mandar mensagens, jogar ou entrar na internet sem que ela autorize.

É que o aparelho só é desbloqueado com uma senha criada pelos pais. Então, para obtê-la e voltar a usar o celular, o jovem precisa ligar para eles. E, a cada bloqueio, uma nova senha é criada.

Para que o app funcione corretamente, é preciso configurar os números dos pais como números de emergência; com o aparelho bloqueado, o jovem só consegue ligar para os dessa lista. Os de emergência de verdade, como a polícia, também ficam ali – então, no caso do filho estar realmente em perigo, como o coração de mãe costuma supor, ele pode ligar para as autoridades.

O aplicativo custa US$ 1,99 e, a partir de uma única conta para a família, você pode instalar o app em quantos aparelhos precisar – ou seja, de quantos filhos tiver. Depois de fazer uma configuração simples, já é possível bloquear as funções dos smartphones dos filhos à distância. Só é necessário conseguir o aparelho deles para fazer a instalação.

O mais curioso na história toda é que Sharon não sabia programar até criar o aplicativo. Ela aprendeu procurando na internet como fazer e, com ajuda de alguns desenvolvedores, conseguiu colocá-lo no ar depois de alguns meses.

Por enquanto, o aplicativo só está disponível para Android.