Nova espécie de “camarão alien” foi encontrada na Califórnia
26/11/2013
Jornalciencia

 

Cientistas descobriram uma nova espécie de camarão esqueleto.

Eles são um grupo de pequenos crustáceos que são anfípodes, e não são de fato camarões. Foram coletados em uma pequena caverna no mar da ilha de Santa Catalina, no sul da Califórnia. Os dois frascos, um contendo um macho e uma fêmea, foram alojados no Museu Canadense da Natureza, em Ottawa.

Jose Manuel Guerra-García, especialista da Universidade de Sevilla, na Espanha, e principal autor do estudo, percebeu que o “camarão” era uma espécie nunca antes reconhecida durante uma visita em 2010. Ele comparou as criaturas de aspecto fantasmagórico com outras espécies do gênero, o Liropus, e constatou que nenhum outro cientista havia descrito algo sobre este minúsculo crustáceo.

Os machos da espécie medem apenas 3,3 milímetros, e vivem em uma caverna a aproximadamente 9 metros abaixo da superfície do oceano em Istmo Reef, local popular de mergulho no mar da Ilha Catalina.

De acordo com Guerra-García, existem oito espécies de Liropus. O animal recém-descoberto foi classificado como Liropus minusculus.

A espécie prefere viver em zonas de maré rasa, agarrando-se às rochas e plantas, e arrebatando pequenas refeições à deriva, tais como algas e larvas. Seus corpos alongados assemelham-se aos do bicho-pau.

A descoberta foi publicada na revista Zootaxa.