Pará foi o estado que mais desmatou na Amazônia, segundo Inpe
15/11/2013
G1

O Pará foi o estado que mais desmatou na Amazônia no último ano. A informação é do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), que divulgou dados sobre o desmatamento na região no período de agosto de 2012 a julho deste ano. De acordo com o Instituto, dos 5.843km² de desmatamento, o Pará foi responsável por 2.379km².

Na última quinta-feira (14), a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, falou sobre o problema no estado. "O que você tem no Pará são dois grandes impactos. Na BR-163, que tem inclusive uma parte próxima a terra indígena do Baú, a área já estava embargada. Fizeram um novo desmatamento em cima dessa área, e depois um terceiro desmatamento no mesmo local. São dinâmicas diferentes de desmatamento, uma para ocupar área e outra para vender madeira, para alimentar o comércio ilegal", comentou.

 

Segundo a ministra, a questão dos garimpos ilegais seria um agravante para a situação. "Há uma rota dinâmica no Pará, associada à 'transgarimpeira', que é uma rodovia a noroeste, em que você tem uma grande concentração de garimpos. O garimpo, como vocês sabem, tem um desmatamento pontual, mas ele ativa a economia, e isso estaria gerando especulação de gente querendo usar esse dinheiro para levar desmatamentos legais", afirmou.

De acordo com declarações do próprio Governo do Estado, o Pará tem atualmente mais de três mil garimpos ilegais. Entretanto, o governo diz que aproximadamente 83% das áreas desmatadas estão sob jurisdição federal.

Atualmente, a região oeste do Pará concentra a maior parte do desmatamento no estado, por ser uma região de fronteira. O Governo, contudo, garante que vem investindo para diminuir as áreas desmatadas no estado.