Vereadores petistas discordam sobre absolvição dos cinco envolvidos na Apocalipse
13/11/2013
Rondonoticias

Os vereadores petistas Sid Orleans e Jurandir Bengala foram os entrevistados desta quarta-feira (13) no programa A Voz do Povo, na Cultura FM 107,9, comandado pelo jornalista e advogado Arimar Souza de Sá.

Em pauta, a decisão da Câmara Municipal que decidiu absolver os cinco vereadores investigados pela Operação Apocalipse, na noite desta terça-feira (12).

Sid Orleans seguiu a orientação do partido e votou pela punição aos vereadores. Já Bengala, votou contra a punição de todos os envolvidos.

“Eu acho que a resposta se a Câmara fez justiça, está com a população. E isso vai ser dado nos próximos meses. Como cidadão e político, que procuro defender o correto, lamento o fato e espero que esse movimento de cidadania que aconteceu ontem na Câmara, não seja diminuído”, disse Orleans, que presidiu a sessão histórica.

Já Bengala disse que “quero dizer que votei contra a cassação e punição. A marmelada estava tão grande que teve suplente convocado que exerce cargo comissionado na prefeitura.

Meu voto foi de protesto, pois a convocação dos suplentes foi descabida e de última hora. Não acho justo”.

Para Bengala, “pouca vergonha era ter cassado os vereadores, com base no relatório apresentado, que chegou às nossas mãos às 18 horas. Não iria votar sem conhecer o processo. Ou cassava a todos, ou não punia ninguém”. Ele dise ainda não temer punição do PT, por ter desrespeitado a recomendação do partido. "Não sou canoa, para ser manobrado por trás".

Ainda segundo Jurandir, “fiquei sabendo que já tinha gente se declarando futuro assessor de suplente de vereador, numa manobra onde tudo estaria combinado. Isso eu não concordo e inclusive tenho a gravação da fala desse suposto assessor”, garantiu.

Sid Orleans lamentou que o suplente, Porfírio Costa (PSD), tenha decidido se ausentar do plenário. “Faltou um voto para cassar alguns dos vereadores e o dele fez falta”.

Apesar do desgaste, Orleans disse que a Câmara segue com suas ações e cobrou mais participação da comunidade. “Hoje mesmo, às 15 horas, haverá uma audiência pública, convocada por mim, para debater a situação da rodoviária da capital, que está em situação vexatória”, disse.

Sobre a gestão do prefeito Mauro Nazif (PSB), Sid foi direto: “um desastre. Nazif foi um brilhante deputado federal, mas um gestor desastroso. Não tem nada sendo feito pela prefeitura da capital e a cidade sofre com o descaso e o abandono”.

Já Bengala surpreendeu ao dizer que esteve com o prefeito e ele garantiu que irá começar o maior volume de ações já visto pela cidade, no dia 02 de janeiro do próximo ano. “O prefeito me garantiu que no dia 02 de janeiro de 2014, vai começar o maior volume de obras que a capital já viu. Eu acredito nisso e quero que isso aconteça de verdade”, afirmou.