Em audiência no Vaticano, Francisco diz que até o papa tem pecados...e muitos
29/05/2013
www.jb.com.br

Apesar da chuva, cerca de 100 mil pessoas foram à praça de São Pedro para a audiência das quartas-feiras do papa Francisco, que pediu que os católicos defendam e obedeçam á Igreja. O pontífice admitiu que até ele tem pecados, e muitos: "Amamos a Igreja como amamos nossas famílias? Alguns dizem sim a Jesus, mas não à Igreja. É certo que a Igreja tem alguns aspectos humanos. Seus pastores têm defeitos, imperfeições, pecados. Eu também tenho muitos! Mas quando percebemos que somos pecadores, encontramos a misericórdia de Deus", disse.

A audiência de hoje foi dedicada à Igreja e ao 'projeto de Deus' de que todos os homens sejam uma única família e sintam-se a família de Deus. "Neste projeto, a Igreja encontra suas raízes. A Igreja não é uma organização nascida do acordo de algumas pessoas, mas, como nos recordou tantas vezes o papa Bento XVI, é obra de Deus", disse.

Papa Francisco admitiu que até ele tem muitos pecados
Papa Francisco admitiu que até ele tem muitos pecados

O papa acrescentou que a Igreja nasce do desejo de Deus de chamar todos os homens à comunhão com ele, à sua amizade, a sair da tendência a se fecharem em si próprios, e a formarem parte de sua família.

Francisco enfatizou que Deus criou o homem para que viva em profunda relação com Ele e que, inclusive, quando o pecado rompe essa relação, Deus não nos abandona.